"NÃO CONSIGO COMENTAR OS ARTIGOS!"

______________________________________________________________________
PODE SER O SEU NAVEGADOR.
ACESSE NOVAMENTE NO INTERNET EXPLORER E COMENTE!
______________________________________________________________________

6 de abril de 2010

POR QUE EU CREIO EM DEUS?

Para tornar mais explicadas e detalhadas as respostas do porquê que eu acredito em Deus, decidi começar do início e resumir no final:

1º - Antes de me converter à única religião pura e imaculada que é Jesus, eu era freqüentadora assídua do
Catolicismo (inclusive ajudava nas aulas de catecismo após a fase da Perseverança para o MEJ, depois da primeira comunhão), praser mais exata (rs) na Igreja de Ns. Sª. de Aparecida de Marcílio Dias, na Penha/RJ. Lá não se aprendia nada além das rezas pré-determinadas e sua doutrina pessoal. Não se aprendia nem se estudava a Bíblia propriamente dita, na qual o próprio Catolicismo diz se basear (bom, não vou entrar a fundo no assunto crítico de doutrinas religiosas senão fugirá do contexto - Deixarei para um post futuro ok!). Depois de um tempo, simplesmente passei a me perguntar sobre aquilo tudo: Pra que serve? De onde veio essa crença? De onde veio essa doutrina? Qual a origem dessa religião? etc... etc... e tals... (me toquei em procura saber a fundo o que eu seguia!)

2º - Já meio duvidosa, passei a sentir a necessidade de procurar as respostas na Bíblia, claro seria dela a base daquilo tudo ali...! Mas que pena! Fazia um esforço sobre-humano para ler e não entendia nada! Uma coisa ou outra pra ser mais exata, mas não era o suficiente. Já não tinha mais paciência para ler e continuava a fazer a minha parte de estar presente nas missas e em todos os eventos e compromissos que eu tinha lá, mesmo abarrotada de dúvidas, cumprindo com a minha fé (mais ensinada do que sentida) e a minha inquestionável tradição familiar. Foi quando num dia qualquer e hora qualquer, lendo eu mais uma vez a Bíblia e tentando entender o que eu precisava saber, cheguei ao bendito livro de Êxodo, no Cap. 20:1 ao 5... Pior ainda, li Isaías 44:6 ao 20... (também Deuteronômio 27:15 e muitos outros!) Pronto!! A partir daí a minha cabeça fervilhava mais ainda do que antes: Porque está escrito isso na própria Bíblia que eles seguem? - perguntava eu à mim mesma! (depois, num outro post detalharei as explicações segundo a editora católica da Bíblia que eu tinha... Isso mesmo!! Embora a bíblia seja uma só e para um só desígnio, a Bíblia que eu tinha e lia era de edição católica!)

3º - Depois disso, ousei perguntar para algumas beatas com dezenas de anos de casa e outros que davam aulas de catequese (já que o padre era quase sempre inacessível!). Dos que me responderam, mal sabiam e mal explicavam! (nem certeza mesmo tinham do que estavam falando!). Comecei a me questionar se tinha alguma coisa errada... o por quê de multidões e multidões que crêem naquilo tudo e seguem na maior fé, isso estava acontecendo justamente comigo... por que que eu simplesmente não continuava na minha fé?? .... Descobri que eu estava desprovida de conhecimento, vivia segundo as crenças que me foram ensinadas de geração e tradição.

4º - Em meio à este período de dúvidas e questionamentos, para a minha surpresa uma tia já cristã convertida, conversou comigo, explicadamente, (como podem ver, eu aprecio uma coisa bem explicada!) sobre certos assuntos não doutrináticos e sim bíblicos que eu já a muito tempo deveria saber. Começamos então a analisar a fundo os princípios bíblicos e os mandamentos do evangelho, a vida de Jesus, o que ele apregoava, quem era Ele, o que era o chamado Espírito Santo, reino das trevas, LADO ESPIRITUAL... Com aquilo tudo, percebi que a interpretação bíblica dela fazia sentido... Para começar dali, muitas coisas haviam sido esclarecidas para mim com apenas uma só pessoa! (admirei o conhecimento bíblico dela). Aquilo sim era estar ciente do terreno que estava pisando! Ela sabia muito bem o que seguia, conhecia a origem da sua doutrina, tinha certeza do que falava, e acima de tudo provava na Bíblia.

5º - Sempre fui aberta para novas informações, e independente das minhas crenças e fé, aceitei o convite de uma outra tia também convertida, a fazer uma visita à sua igreja. Não tinha nada a perder mesmo, fui para aprender algo diferente e obter mais informações! Devido à novidade estrenhei os louvores empolgantes, pregações ousadas, autoritárias, cheias de emoção... tudo ali era com emoção (eu mal sabia o que era sentir a presença do Espírito Santo então para mim era emoção!) diferente do que eu estava acostumada. Depois de mais visitas fui comparando o conhecimento bíblico e doutrinático e fui percebendo o sentido que fazia... em nota, ia mais como observadora do que como praticante e percebi que ali era o lugar, de tantos que eu me informei, mais COMPATÍVEL com as Escrituras (procurei não olhar para o homem, e sim para o desígnio daquilo tudo ali! Assim como antes, comecei a me questionar sobre tudo! E tive as respostas que eu procurava!). E não é que sem querer, eu fui me envolvendo! (o Espírito Santo envolve mesmo descrente, porque a palavra jamais retorna vazia!) A partir dali eu comecei a presenciar, além do conhecimento, o LADO ESPIRITUAL DE DEUS que eu não conhecia, nem entendia, nem jamais tinha visto! Comecei então a ser envolvida pelas séries de manifestações sobrenaturais que eu via naquele lugar, milagres, curas... A minha fé estava se estabilizando na Palavra e quanto mais ela aumentava, mais podia sentir o lado espiritual daquilo tudo (eu questinei o fato de que se Deus é espírito, então importava conhecer não só a teoria, mas o lado espiritual e sobrenatural dEle também!). Depois de um tempo pude contemplar mais ainda as maravilhas de Deus!

6º - Dali por diante, aceitei Jesus na sede de conhecer esse Deus misericordioso, bondoso, cheio de amor e que FAZ PRESENÇA em nossas segundo todas aquelas pregações. Ouvi uma série de testemunhos de gente curada de câncer, aids, liberta de demônios (que eu via se manifestar nos cultos... o que despertava mais ainda a curiosidadede conhecer o lado Espírito do evangelho!), e outras séries de coisas que me causavam curiosidade. Neste período já não estava mais descrente, de alguma forma algo me fazia acreditar que aquilo tudo ali não tinha origem do nada... era algo impressionante e curioso de se conhecer, inexplicável e maravilhoso ao mesmo tempo... já me sentia envolvida pelo Espírito Santo que um tempo depois me fez ter o privilégio de sentir sua presença de uma forma inigualável, totalmente sobrenatural, onde eu não sabia de gritava ou se chorava em uma sensação que é impossível descrever... um amor incondicional, uma felicidade sem medida... uma explosão de unção passava a me encher nas minhas orações.... eu passei a conhecer um Deus PRESENTE em todos os lugares, todas as horas...

7º - Eu me perguntava: Se Deus existe, e se existe o lado sobrenatural dEle, então é óbvio que a presença dEle deveria ser manifestada! Impossível algo que não existe ser manifesto, nem presenciado... se não existe, não está presente em um meio... se existe, está presente em um meio... então procurei, e encontrei, num simples endagar meu: "Senhor! Se Tu existe, então me prove de tal forma que eu compreenda e seja impactada!"... Ah! Essa indagação causou uma das mais inesquecíveis formas que Deus me provou diretamente à mim, sem o uso de alguém: Estava num banco de igreja, num culto de domingo, quando eu olhei para o altar, e PENSEI comigo "Senhor Deus! Olha isso tudo aqui! Que coisa maravilhosa ver essas pessoas louvarem á Ti, te adorando, bendizendo o seu nome... se o que as Escrituras falam sobre a Tua grandeza é verdadeiro, então o Senhor é Majestoso, Santo, cheio de Glória... e se o Senhor é assim, quem sou eu diante de Ti?? Sou nada! Cheia de pecados, uma era humana em carne destrutível... sou nada diante de Ti! ".... Agora vocês não imaginam o que me veio no momento em que PENSAVA comigo nestas palavras olhando para o altar e para aquilo tudo ali...:: Uma mão me cutucou no banco de trás, e quando olhei para trás, um rapaz (era conhecido por ter algum desvio mental) me disse com clareza e cheio de sentimento nos olhos: O SENHOR MANDOU TE DIZER: NUNCA DIGA QUE VOCÊ É NADA PORQUE PARA DEUS VOCÊ É TUDO!"... 

8º - Oh glória! Ali fiquei sem palavras, nem nunca tinha ficado tão embasbacada na minha vida!! Como ele sabia ali o que eu estava PENSANDO e naquele momento, em tempo real?? Depois dali, o Espírito Santo me concedeu me selou, fui batizada nas águas, recebi o dom de línguas, tive visões e mistérios que Deus queria que eu entregasse para as pessoas (os artigos descritos nesse site são em linguagem simples para que todos possam entender!), sonhos e experiências espirituais. Passei então a conhecer e saber quem é Deus através dos questionamentos que eu fazia e através das provas que Ele mesmo me deu, tanto biblicamente quanto espiritualmente. Já passei por situações em que eu questionei a autenticidade das escrituras bíblicas, mas Deus sempre me vinha com seu lado Espiritual e sobrenatural. Por isso sou Pentecostal, não de mininice nem de reteté, e sim de Espírito Santo que não é só teoria, e sim existência sobrenatural. O Pentecoste com sabedoria, ordem e decência é bíblico! Curas, libertações, bênçãos impossíveis, livramentos e todas suas maravilhas edificavam cada vez mais a minha fé, além das experiências que Deus me concedeu de ter com Ele! Percebi que Deus é o mesmo daquela época bíblica, e os mesmos milagres que Ele operava naquela época, ele opera hoje!

>> A partir desse pequeno testemunho, vou resumir mais adeqüadamente, também em ordem numérica:

1º - Me questionei sobre a autenticidade do que eu vivia e da doutrina que eu seguia, de onde veio, qual a origem, quem fundou, se certo ou errado, se faz sentido ou não, qual destino daquilo tudo, etc... me perguntei quem era Deus e o que Ele queria de nós!

2º - Descobri que era mais uma no meio de tantos a seguir e viver tradição e os ensinamentos da minha geração, sem a certeza da fé...

3º - Procurei ter a MATURIDADE de estar aberta à novos conhecimentos e informações (já disse Jesus em sua palavra que seu povo perece por falta de conhecimento - não é porque sou convertida que deixarei de conhecer e saber as origens religiosas de outras doutrinas mesmo contrárias ao que eu sigo, sempre com sabedoria e vigilância!) e assim conheci o sentido das coisas!

4º - Questionei também a origem bíblica e comprovei sua verdade... sua história, suas parábolas, seus personagens, seus ensinamentos... SUAS PROFECIAS!... Além da santidade das Escrituras e dos maravilhosos ensinamentos que lá estão descritos eu procurei o "Espiritual" da Bíblia e lá estive ciente dos acontecimentos ao longo ds anos, desde aquela época, profetizada e descrita em linguagem interpretativa pelos profetas da época, e que impressionantemente aconteceram, e estão acontecendo! É o lado espiritual da Palavra, que comprova sua autenticidade, suas profecias, seus ensinamentos... interpreta-se segundo o Espírito e com sabedoria inspirada pelo Espírito suas majestosas palavras... É um livro único, Santo, deixado para nós não com o objetivo de detalhar a origem científica da matéria, e sim em especial para a Salvação.

5º - Deus me comprovou sua existência através da análise profunda do Santo Evangelho e através das suas maravilhosa presença, sempre um acompanhando o outro, sabedoria e espiritualidade... teoria e milagres... escrituras e sobrenatural... Deus é tremendo! A palavra edifica e o Espírito vivifica! A palavra faz saber, o Espírito comprova! A Palavra é base, o Espírito é coluna... Um completa o outro! Os dois não podem viver distintos um do outro...

Além desses motivos pelos quais obtive as certezas, há ainda muitos outros que mais ainda me fizeram crer nesse Deus maravilhoso! E tudo isso porque eu simplesmente pedi à Ele em oração para me provar, de forma impactante e que eu compreendesse, a sua existência!
Glórias sejam dadas à esse Deus tremendo, que manifestou o seu Espírito maravilhosamente, mais uma vez, enquanto eu escrevia este artigo...  e mais uma vez, chorando, senti a presença grandiosa do Espírito Santo no momento da postagem!... que Deus TRE-MEN-DO é esse!!!

Tá curioso?? Faça a mesma pergunta que eu fiz, e faça a prova de Deus, que Ele, ouvinte assíduo das suas orações, vai te mostrar. Deus te abençoe, e faça resplandecer Sua Glória em você! Amém!

2 comentários:

Myd disse...

O modo como Deus usa as pessoas para nos levar a Ele é maravilhoso. Se Deus não tivesse dado sabedoria as suas tias para instruí-la, você provavelmente ainda estaria seguindo cegamente as crenças que te foram ensinadas por tradição.

Gostei muito de ler sobre o seu encontro com Cristo!

Quando você puder, dê uma passadinha no meu blog: trocarduaspalavrinhas.blogspot.com

Um grande abraço e Deus te abençoe!

Alexandre Pitante disse...

Paz, Amada irmã.

Parabéns, pelo seu trabalho neste blog. Que Deus em Cristo Jesus lhe continue abençoando poderosamente.

Estou seguindo o vosso blog.

Aproveito pra lhe convidar a visitar meu blog também. Avivamento pela Palavra é um blog voltado aos amantes da Bíblia sagrada como Verdade Absoluta e que só através Dela seremos mais crentes e mais cheios do Espirito Santo. Comente, pois seus comentários são muito importante para mim poder estar sempre em melhorias no meu blog.

http://www.alexandrepitante.blogspot.com/

Siga-nos também.

Fica com Deus.
Um abraço, Alexandre Pitante.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Horário Atual

Desaparecidos - DIVULGUE

Visitantes Globais

Este site é destinado para a obra do Senhor Jesus - WebGraphic Luana D/C

.:: Temor e Verdade ::. - Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.

TOPO DO SITE